Contact Information

Theodore Lowe, Ap #867-859
Sit Rd, Azusa New York

We Are Available 24/ 7. Call Now.

Além de delicioso nas mais variadas receitas, sabia que o tomate é um alimento poderosíssimo? Na salada, no molho, no cozido, na sopa ou no suco, é bem fácil ter essa fruta (sim, é uma fruta), como forte aliada para um estilo de vida saudável.

A parte boa é que praticamente todo mundo gosta, então fica fácil consumi-lo com frequência, já que ele é bem presente na dieta do brasileiro. Rico em vitamina C, tem propriedades diuréticas (diminui a retenção de líquidos) e poucas calorias, então já viu que ele maravilhoso pra constar em qualquer dieta, porque ajuda a saciar a fome e ainda faz super bem à saúde – cada unidade tem apenas 25 calorias e seus nutrientes melhoram o sistema imune e a absorção do ferro nas refeições.

Segundos estudos, um dos principais benefícios do tomate é ajudar a prevenir o câncer, principalmente o de próstata: o tomate é composto por 2.573 mcg de licopeno, bionutriente relacionado à interrupção da multiplicação de células defeituosas.

Ele ainda combate doenças cardiovasculares por ter antioxidantes que ajudam a manter os vasos sanguíneos saudáveis e ajuda a prevenir catarata, pois é rico em vitamina A, fundamental para a saúde dos olhos.

São várias possibilidades para usá-lo em suas receitas, ele pode ser consumido fresco ou seco e pode ser encontrado em várias versões:

1 – Tomate Carmem: grande e firme, é a variedade mais consumida no Brasil. Tem a vantagem de durar bastante, mas como é muito aguado, não é muito indicado para molhos. Dê preferência a ele na hora de fazer saladas ou para recheá-lo.

2 – Tomate Italiano: ideal para fazer molhos, já que é mais carnudo e tem menos água e sementes. Além disso, ele tem gosto doce e forte, mas estraga mais rápido que outras variedades.

3 – Tomate Débora: menos ácido que o tomate Carmem, mas tem mais sementes que o Italiano. É um tipo de tomate bastante coringa, podendo ser usado em saladas, molhos e até para fazer tomate seco.

4 – Tomate Holandês: é vendido em ramos e sua apresentação é ótima para enfeitar a mesa. Na hora de comprar, é importante ver se os ramos ainda estão verdes, já que os ramos marrons indicam que o tomate está passado. Com sabor mais adocicado e pouca acidez, é indicado para saladas, molhos e pratos quentes como risotos.

5 – Tomate Caqui: bem grande e com sabor é marcante e adocicado, indicado para saladas e vinagrete, mas não fica muito bem em molhos.

6 – Tomate Cereja: é um tomate pequeno e adocicado. Ele é refrescante e aguado, sendo ideal para saladas, aperitivos, massas e risotos, mas não funciona bem em molhos – além de dar trabalho devido ao seu tamanho.

7 – Tomate Sweet Grape: parece um tomate Italiano em miniatura e é bastante carnudo. Ele parece uma uva e é bem doce, daí vem o seu nome. É ideal para pratos frios, combinado com ervas e queijos, não indicado em molhos e sucos.

Se voc6e já gostava de tomate, com certeza a patir de agora você vai passar a amá-lo…